Reféns do Medo

By: Dayana, Priscila, Erick, Wallace, Gabrielle e Anderson (*)

Porque eu moro lá, eu sinto
Porque eu moro lá eu sofro
Porque eu moro lá eu choro
Será que morremos aos pouco para a vida?
Pensando bem, que vida?
Vida de cão
Vida no morro
Vida bandida
Da lida da bala perdida
Da dor de quem fica
Do grito de socorro que precede o tiro
Do pão que o diabo amassou
Será que o caminho do estudo me liberta?
Será que o caminho do trabalho me dá futuro?
Será que vou crescer o suficiente para pular os muros?
Ou a porta sempre aberta do caminho obscuro
Tem mais a me oferecer
Que o esconderijo da paz?
Porque no lugar onde eu moro, lá no alto
O valor não se faz pelos caminhos do asfalto
Tanto faz se falo francês, inglês ou espanhol
Se não falo a língua da mão
Do alemão que aperta o gatilho
Já era! Destino filho…
Mas tudo bem! Vem de Deus
Vamos em frente que atrás vem gente
Pois o tempo não para e o tiroteio continua
Na realidade nua e crua
De uma rua qualquer da vila Isabel
Zona norte, RJ, Cidade Maravilhosa
Queu queria que fosse um mar de rosa
Mas tudo bem…
Temos o Rosa de Noel
(*) Poesia escrita em 2004 por crianças e adolescentes residentes no Parque dos Macacos (Morro dos Macacos) Vila Isabel .

5 Respostas to “Reféns do Medo”

  1. projetomuquecababys Says:

    Da adequação de palavras em que fui escriba para a construção poética que traduzia a realidade de um momento no cotidiano de violência das crianças e adolescentes do “Morro dos Macacos” temos a dimensão do quanto, direta ou indiretamente, a realidade circundante é conhecimento prévio segundo uma visão sociointeracionista. Com o título “Reféns do Medo” materializa-se a proposta de brincar com o jogo de palavras em forma de rima a partir de suas vivências cotidianas. O resultado final desemboca numa leitura de mundo em forma de poesia retratante de realidade que soa desconexo aos ouvidos daqueles que desconhecem a infância nos universos habitados por normas e valores do ordenamento social subestabelecido. Dessa atividade com palavras, sonhos, leitura de mundo, alerta, conclui-se que no misto de medo e ímpeto desobediente permeando momentos sensíveis de externação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social é uma via a ser percorrido no resgate da cidadania desses brasileiros, ante os novos projetos de Brasil que leve em conta experiências interpessoais sadias pelo que se pode realizar em termos de ensino-aprendizagem a partir de mediações fundadas em trocas afetivas de uma intencionalidade transparente para a reciprocidade de realizações simbólicas de visão libertária e emancipatória de formas opressivas aprisionando até mesmo a liberdade de se falar de sonhos, ou seja, professores e alunos na condição de “reféns do medo” e a pobreza de diálogo do mútuo da relação educador/educando nas escolas encravadas na “geografia da violência”, o que suscita um olhar menos distante dessas realidades para o profissional da educação. Mais informação no endereço: http://www.orkut.com.br/Main#AlbumList?uid=10119695329671394570

    Curtir

  2. I just want to mention I am just new to blogging and site-building and actually loved this web-site. Most likely I’m want to bookmark your website . You absolutely have really good articles. Regards for sharing your web page.

    Curtir

  3. I simply want to say I am very new to blogs and really liked this page. Very likely I’m going to bookmark your website . You absolutely have fantastic writings. Kudos for sharing with us your web-site.

    Curtir

  4. Greetings I am so thrilled I found your web site, I really found you by error, while I was browsing on Bing
    for something else, Regardless I am here now and would just
    like to say cheers for a marvelous post and a all round
    exciting blog (I also love the theme/design), I don’t have
    time to read through it all at the moment but I have bookmarked it and also added in your RSS
    feeds, so when I have time I will be back to read
    a great deal more, Please do keep up the superb work.

    Curtir

  5. Definitely consider that that you said. Your favourite reason appeared to be at
    the internet the easiest factor to take into accout of.
    I say to you, I definitely get annoyed even as folks consider concerns that they plainly
    don’t recognize about. You managed to hit the nail upon the top
    as neatly as defined out the entire thing with no need side-effects ,
    people could take a signal. Will probably be again to get more.
    Thank you

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: